Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 

SAC: 0800 -772 3030   |
HTML do menu mobile
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksCooperado-da-Unimed-Marilia-fala-sobre-a-febre-amarela

Cooperado da Unimed Marília fala sobre a febre amarela

Veja como se prevenir da doença

21/02/2017 10:38 | Última Atualização 21/02/2017 10:39

​Além da hidratação e do ​uso do filtro solar, a estação mais quente do ano exige também cuidados contra as doenças causadas pelo vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, todas transmitidas por insetos ou por aracnídeos.

Com o objetivo de alertar a população sobre a epidemia de febre amarela, o infectologista cooperado da Unimed de Marília, Dr. Rodrigo Neves Barbosa, explica que a enfermidade é considerada uma infecção febril aguda causada pela picada dos mosquitos transmissores infectados, não havendo transmissão direta de pessoa a pessoa.

Veja a seguir algumas formas de prevenção para afastar o transmissor:

- Jogue no lixo, em sacos plásticos bem fechados, todo tipo de objeto que possa acumular água, como potes, latas ou garrafas vazias.

- Verifique constantemente o quintal, eliminado qualquer objeto que possa acumular água e servir de criadouro para o mosquito.

- Lave semanalmente com escova, água e sabão a vasilha de água dos animais.

- Use sabão em pó na borda dos pratinhos dos vasos de planta e nos ralos. Borra de café é outra opção.

- Não jogue lixo em terrenos baldios.

Aedes de novo?

Existem duas formas de transmissão: a silvestre e a urbana. Na primeira, o processo ocorre nas zonas rurais ou de mata, onde os mosquitos Haemagogus e Sabethes picam os macacos que, ao serem infectados, podem transmitir a doença ao entrarem em contato com a comunidade. Na transmissão urbana, que ocorre nas cidades, o vetor é o famoso Aedes aegypti, que quando infectado, pica o homem e transmite a doença.

Um surto de febre amarela tem atingido a região leste de Minas Gerais, gerando medo e preocupação.

Dr. Rodrigo esclarece que este surto é do tipo silvestre, que demanda atenção. Se o surto fosse do tipo urbano, a situação seria calamitosa, devido às proporções da população que poderia ser afetada. Vale lembrar que há 75 anos o Brasil não enfrenta um surto urbano de febre amarela.

Quais os sintomas?

A doença pode manifestar-se sem sintomas, com poucos sintomas, moderada e até de forma grave e maligna. Na fase inicial, a doença provoca febre alta e dores musculares. Para algumas pessoas, estes sintomas se atenuam com o passar dos dias, mas, para outros, a doença evolui para um quadro grave: hepatite, que causa a cor amarelada no paciente - daí o nome da doença - alterações no funcionamento dos rins, dores musculares intensas e hemorragias. Esse quadro debilita o paciente de tal forma que pode levar ao óbito.

Quem deve tomar a vacina?

O Ministério da Saúde tomou medidas de contenção e de prevenção de novos casos distribuindo a vacina contra a febre amarela em Minas Gerais, Espírito Santo, Sul da Bahia e Rio de Janeiro. Em Marília, a Secretaria Municipal da Saúde informa que os postos já estão devidamente abastecidos com a vacina.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, para o estado de São Paulo, o Centro de Vigilância Epidemiológica "Prof. Alexandre Vranjac" indica que a vacinação da febre amarela seja realizada ao menos com dez dias de antecedência. Além disso, recomenda-se a prioridade para indivíduos a partir de 9 meses de idade, que sejam residentes ou que tenham contato com as áreas ribeirinhas e de mata dos seguintes municípios: Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Araçatuba, Jales, São José do Rio Preto, Barretos, Franca, Ribeirão Preto, Araraquara, Bauru, Marília, Assis, Botucatu, Itapeva, São João da Boa Vista e parte da região de Sorocaba.​

Outras Notícias

 

 

Projeto CTU da Unimed Avaré completa dez anos de existênciahttp://www.unimedfesp.coop.br/projeto-ctu-da-unimed-avare-completa-dez-anos-de-existenciaProjeto CTU da Unimed Avaré completa dez anos de existência
Unimed Marília promove ações de conscientização no mês do Meio Ambientehttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-marilia-promove-acoes-de-conscientizacao-no-mes-do-meio-ambienteUnimed Marília promove ações de conscientização no mês do Meio Ambiente
Unimed Andradina promove curso sobre acompanhante de partohttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-andradina-promove-curso-sobre-acompanhante-de-partoUnimed Andradina promove curso sobre acompanhante de parto
Unimed Catanduva inaugura Central de Materiais Esterilizadoshttp://www.unimedfesp.coop.br/hospital-da-unimed-catanduva-inaugura-nova-central-de-materiais-esterilizadosUnimed Catanduva inaugura Central de Materiais Esterilizados

+ Ver todas as notícias

COPYRIGHT

Copyright © 2016 - Unimedfesp.com.br - Política de Privacidade Rua José Getúlio, 78/90 - Aclimação - São Paulo - SP - CEP 01509-000 - Tel:(11)2146-2500 

UNIMED AWARDS

Unimed Fesp 2016