Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 

SAC: 0800 -772 3030   |
HTML do menu mobile
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksSaude-suplementar-em-pauta

Saúde suplementar em pauta

Mesa foi coordenada pelo assessor jurídico da Fesp

10/07/2019 10:27 | Última Atualização 10/07/2019 10:27

​Para aprofundar temas que impactam a sustentabilidade do Sistema Unimed, o Suesp promoveu, no dia 5/7, o curso "Temas relevantes na saúde suplementar". Coordenado pelo assessor jurídico da Fesp, Jeber Juabre Junior, a atividade contou com cinco painéis.

Corrupção e compliance são duas palavras que permearam o painel "Aspectos destacados da Judicialização de Saúde", apresentado pelo Desembargador Federal João Pedro Gebran Neto. Em sua explanação, Gebran detalhou casos de corrupção internacional e defendeu a implantação de programas de compliance: "precisamos combater essas práticas com mecanismos realmente eficazes", afirmou.

A gestão de OPMEs vive desafio semelhante, e tem grande impacto na sinistralidade, como revelou a consultora Andrea Bergamini. "Os prejuízos podem chegar a R$ 100 bilhões", alertou.

Para falar sobre "Terceirização no Brasil e os serviços de saúde pública e suplementar", o ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Augusto César Leite de Carvalho, traçou um panorama histórico e apresentou duas vertentes: atender o propósito de reduzir custos das empresas e tratar da precarização do trabalho.

Já o juiz Federal Clenio Jair Schulze abordou o tema "O futuro da judicialização da saúde", reforçando a necessidade de alimentar o magistrado com informações técnicas e construtivas. De acordo com Schulze, essa é a melhor forma de combater a ideia da "jurisprudência sentimental", influenciada por aspectos subjetivos.

O tema "judicialização da revisão de preços de plano de saúde" foi apresentado pelo juiz de Direito titular da 1ª Vara Cível de Recife, Luiz Mário Moutinho. Para o magistrado, deve haver a harmonização dos interesses de todos os participantes. "Toda decisão deve ser feita sob cálculo atuarial e não achismos. O judiciário não governa, ele deve conter o desgoverno, mas para isso deve respeitar a regulamentação", concluiu.

Outras Notícias

 

 

Covid-19 exige mudanças de estratégia no atendimento ao pacientehttp://www.unimedfesp.coop.br/covid-19-exige-mudancas-de-estrategia-no-atendimento-ao-pacienteCovid-19 exige mudanças de estratégia no atendimento ao paciente
Unimed Andradina comemora o Dia do Cooperativismo com ação internahttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-andradina-realiza-acao-interna-em-comemoracao-ao-dia-do-cooperativismoUnimed Andradina comemora o Dia do Cooperativismo com ação interna
Unimed COP promove a 1ª reunião do Comitê de Mercado Regional do anohttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-cop-promove-a-1a-reunião-do-comite-de-mercado-regional-do-anoUnimed COP promove a 1ª reunião do Comitê de Mercado Regional do ano
Hospital da Unimed Araraquara adere à campanha Junho Vermelhohttp://www.unimedfesp.coop.br/hospital-da-unimed-de-araraquara-adere-a-campanha-junho-vermelhoHospital da Unimed Araraquara adere à campanha Junho Vermelho

+ Ver todas as notícias

COPYRIGHT

Copyright © 2019 - Unimedfesp.com.br - Política de Privacidade Rua José Getúlio, 78/90 - Aclimação - São Paulo - SP - CEP 01509-000 - Tel:(11)2146-2500 

CERTIFICAÇÃO

Unimed Fesp 2016