Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 

SAC: 0800 -772 3030   |
HTML do menu mobile
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksUnimed-Catanduva-destaca-os-sintomas-da-depressao

Unimed Catanduva destaca os sintomas da depressão

Distúrbio está presente em milhões de pessoas

25/10/2016 15:32 | Última Atualização 25/10/2016 15:32

Frustação, decepção, insegurança, perda de autoconfiança, transtornos de humor e de personalidade são sintomas que podem indicar a depressão, doença psiquiátrica presente em milhões de pessoas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão é a quarta principal causa de incapacitação em todo o mundo e, até 2030, será o mal mais prevalente do planeta, à frente do câncer e de algumas doenças infecciosas. A instituição calcula que cerca de 121 milhões de pessoas sofram com a doença em todo o mundo. O psiquiatra Dr. Juan de Dios Atienza Martin, cooperado da Unimed Catanduva, alerta que a doença é silenciosa e ainda motivo de muito preconceito na sociedade. "Ninguém discute o assunto, muitos ainda dão pouca importância à depressão ou acreditam que seja desculpa de pessoas com 'pouca vontade', por exemplo, e quem sofre fica com medo de dizer em razão do preconceito que existe", ressaltou.

Na depressão, há presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima, que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado. De acordo com o psiquiatra, o suicídio é, infelizmente, uma das consequências mais comuns da depressão. "Foram feitos dois levantamentos, de 1950 até 2007, e o índice de suicídio tem aumentado muito entre as idades de 13 a 33 anos. O suicídio está entre as dez principais causas de morte do planeta", explicou o médico.

O ato de cometer suicídio é mais comum entre os homens, porém a tentativa e o pensamento ruim são três vezes maior nas mulheres. "O suicídio pode ser evitado se os pensamentos e a intenção foram detectados no começo, como qualquer outra doença", esclareceu o Dr. Juan.

Família

O apoio da família é indispensável nesses casos: prestar atenção nos gestos e no comportamento do indivíduo é essencial. "Se notar alguma diferença no modo de agir, um médico deverá ser procurado imediatamente. O pensamento é o primeiro passo para o suicídio. O apoio da família é fundamental", disse o psiquiatra.

Atente-se para os sintomas:​

- Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia;

- Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas;

- Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis;

- Desinteresse, falta de motivação e apatia;

- Falta de vontade e indecisão;

- Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio;

- Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte;

- A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio;

- Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom "cinzento" para si, os outros e o seu mundo;

- Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento;

- Diminuição do desempenho sexual (pode até manter atividade sexual, mas sem a conotação prazerosa habitual) e da libido;

- Perda ou aumento do apetite e do peso;

- Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo);

- Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.

Outras Notícias

 

 

Projeto CTU da Unimed Avaré completa dez anos de existênciahttp://www.unimedfesp.coop.br/projeto-ctu-da-unimed-avare-completa-dez-anos-de-existenciaProjeto CTU da Unimed Avaré completa dez anos de existência
Unimed Marília promove ações de conscientização no mês do Meio Ambientehttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-marilia-promove-acoes-de-conscientizacao-no-mes-do-meio-ambienteUnimed Marília promove ações de conscientização no mês do Meio Ambiente
Unimed Andradina promove curso sobre acompanhante de partohttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-andradina-promove-curso-sobre-acompanhante-de-partoUnimed Andradina promove curso sobre acompanhante de parto
Unimed Catanduva inaugura Central de Materiais Esterilizadoshttp://www.unimedfesp.coop.br/hospital-da-unimed-catanduva-inaugura-nova-central-de-materiais-esterilizadosUnimed Catanduva inaugura Central de Materiais Esterilizados

+ Ver todas as notícias

COPYRIGHT

Copyright © 2016 - Unimedfesp.com.br - Política de Privacidade Rua José Getúlio, 78/90 - Aclimação - São Paulo - SP - CEP 01509-000 - Tel:(11)2146-2500 

UNIMED AWARDS

Unimed Fesp 2016