Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 

SAC: 0800 -772 3030   |
HTML do menu mobile
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksUTI-Infantil-do-Hospital-Sao-Paulo-recebe-polvos-de-croche

UTI Infantil do Hospital São Paulo recebe polvos de crochê

Técnica de humanização nasceu na Dinamarca

30/05/2019 11:51 | Última Atualização 30/05/2019 11:51

O nascimento de um bebê prematuro normalmente representa a separação do recém-nascido da convivência da mãe para receber cuidados específicos na Unidade de Terapia Intensiva – UTI do hospital. A experiência que antes deixava o bebê solitário na UTI, no Hospital São Paulo – Unimed Araraquara, desde 2017, passou a ter uma companhia para o recém-nascido: o polvo de crochê.

Segundo a coordenadora da UTI Neonatal do HSP, Michelle Inowe Dutra, a adoção dessa técnica é algo muito importante para o bebê porque os tentáculos do polvo passam a representar para o recém-nascido, o cordão umbilical, elo que liga ele a mãe. "Com essa técnica de humanização o objetivo é proporcionar conforto e segurança para o recém-nascido durante todo o período que ficar na UTI, longe da mãe", explica.

A utilização de polvos de crochê em UTIs Neonatais nasceu na Dinamarca e tem se expandido pelo mundo todo. No Hospital São Paulo, inicialmente, os polvos foram confeccionados pela coordenadora da UTI Neonatal juntamente com as funcionárias da unidade, mas após mais de dois anos de utilização, as doações de pessoas da comunidade e, também, de grupos de voluntários têm ajudado a prática a se manter constante no HSP.

No dia 7/5, por exemplo, o grupo Transformação, formado por voluntárias que lutam pelo reconhecimento das perdas gestacionais e neonatais como um processo de luto, doou para a UTI Infantil, trinta polvos de crochê. "Essa foi a terceira doação do grupo para os recém-nascidos do HSP", afirma Dutra.

As doações também são individuais. Na semana passada, a UTI Neonatal recebeu a doação voluntária de Célia Galvão. A aposentada faz polvos de crochê há quatro anos e já doou os brinquedos para a Maternidade Gota de Leite, Santa Casa, UPA do Santa Angelina e, também para a Maternidade de Havana, em Cuba. Segundo ela, quando alguém pede o polvo para uma criança próxima como netos, sobrinhos ou amigos, ela pede um novelo de linha para fazer dois polvos, um vai para doação. "Eu não faço para vender, faço porque adoro e tudo é com muito amor", ressalta.

A coordenadora da UTI Neonatal explica que esses polvos são dados aos recém-nascidos na UTI Neonatal, após passarem por um processo de higienização e esterilização e, quando os bebês recebem alta, levam com eles o brinquedo que ajudou a manter o vínculo com a mãe durante o tratamento intensivo.

Os polvos são confeccionados com linhas de 100% algodão e a UTI Neonatal do HSP está aberta a doações.

Outras Notícias

 

 

Saúde suplementar em pautahttp://www.unimedfesp.coop.br/saude-suplementar-em-pautaSaúde suplementar em pauta
Unimed Fesp fecha contrato com a Funcesp http://www.unimedfesp.coop.br/unimed-fesp-fecha-contrato-com-a-funcespUnimed Fesp fecha contrato com a Funcesp
Unimed Itapetininga realiza 1º Arraiá da Oncologiahttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-itapetininga-realiza-1-arraia-da-oncologiaUnimed Itapetininga realiza 1º Arraiá da Oncologia
Unimed Pindamonhangaba participa do Circuito Sescoop/SP de Culturahttp://www.unimedfesp.coop.br/unimed-pindamonhangaba-participa-do-circuito-sescoop-sp-de-culturaUnimed Pindamonhangaba participa do Circuito Sescoop/SP de Cultura

+ Ver todas as notícias

COPYRIGHT

Copyright © 2019 - Unimedfesp.com.br - Política de Privacidade Rua José Getúlio, 78/90 - Aclimação - São Paulo - SP - CEP 01509-000 - Tel:(11)2146-2500 

CERTIFICAÇÃO

Unimed Fesp 2016