Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

 Banner com Menu - Web Part

 Editor de Conteúdo

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por vírus e transmitida por mosquitos Aedes Aegypti infectados. Os sinto­mas dessa enfermidade variam e podem ser confundidos com uma virose banal e regredir espontaneamente ou evoluir para complicações graves e até a morte.

Fique atento se surgir: febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas e vômitos, dores no corpo, olhos e pele amarelados (icterícia) e hemorragias de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina.

Assim como na dengue, o uso de remédios que contenham ácido acetilsalicílico é contraindicado, porque aumenta o risco de sangramentos.

Prevenção
• Vacina contra febre amarela (a partir de 9 meses de idade);
• Impedir a proliferação do mosquito Aedes Aegypti;
• Evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados;​
• Fazer uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.

A vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, mulheres que amamentam crian­ças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer, pessoas imunodeprimidas, portadoras do vírus HIV, e com hiper­sensibilidade a algum componente da vacina (proteína do ovo, gelatina e antibiótico eritromicina). Converse com seu médico para verificar a necessidade de se imunizar ou não contra esta patologia, caso você se encontre em um destes grupos.

Núcleo de Atenção à Saúde - www.unimedfesp.coop.br - gerenciamento.saude@unimedfesp.coop.br - telefone: (11) 2146-2686.